“Agricultura Jovem – Uma saída profissional do passado ou do futuro?”

By  |  0 Comments

Foi este o tema de uma conferência em Miranda Do Douro, no passado sábado, na qual participei em representação do Secretário-Geral da JS, João Torres, e acompanhado por Bruno Torrado, Artur Nunes, Anabela Torrão, Alfredo Jorge Costa Teixeira e Tiago Relhas.

Um debate rico com muita informação e troca de experiências.
Relevou-se o papel essencial do Estado, as medidas de apoio ao início de actividade, os constrangimentos ligados à Bolsa e Banco de Terras, o Estatuto do Jovem Empresário Rural, e um conjunto ambicioso mas claro de oportunidades previstas no programa do PS que reúnem em si uma estratégia e uma filosofia de eficácia em termos de resultados, uma eficiência em matéria de custos, e uma equidade em matéria de discriminação positiva para zonas desfavorecidas, para a pequena agricultura e para os jovens agricultores.

A agricultura já se assume como uma saída profissional para muitos.
E ao assumir-se desta forma, surgem também novas formas de a ver e de a concretizar. Os jovens começam, de facto, a ser as figuras desse novo desenvolvimento e dessa nova valorização da actividade agrícola e do espaço rural. O Municipio Miranda Do Douro é um bom exemplo a esse nível.

Está de Parabéns a Juventude Socialista | Concelhia Miranda do Douro!

José Pedro Gomes

12783752_10153478069471325_6894792359282997204_o