Alma vermelha

By  |  0 Comments

No discurso de vitória, Dilma troca de outfit, despe o vermelho diabólico da campanha e do último debate e veste-se de branco, qual pombinha anunciando a Paz.

Não engana não só os 51.041.155 que votaram em Aécio, mas também os 32.277.085 que não quiseram votar em ninguém (juntos são 83.100.453, bem mais do que os 54.501.118 que a escolheram): a sua alma, avessa a tergiversações estéticas e a strips visuais, mantém-se bem vermelha.

Graça Canto Moniz

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.