Bem-vindos à vossa terra!

By  |  0 Comments

Como se sabe, hoje, são ainda muitos aqueles que emigram à procura de melhores condições de vida. Portugal está a atravessar uma das maiores crises de sempre, ainda que em recuperação. Se a capital está sem capacidade de oferecer prespectivas de um futuro melhor com emprego e estabilidade pessoal e familiar, cidades como Viseu têm ainda mais dificuldades para segurar “as gentes da sua terra”. A dinâmica empresarial não estava preparada para esta crise acentuada que atinge a maioria da população portuguesa, e com a recessão económica muitas empresas abriram falência. Tudo se agrava a montante e a jusante, ou seja, se por um lado as empresas não têm rendimentos são obrigadas a reduzir custos e a despedir pessoal, por outro lado as pessoas não têm trabalho nem dinheiro para gastar ou investir.

Muitos dos nossos amigos e familiares foram obrigados a ir para o estrangeiro procurar condições que proporcionam o que todos perspectivam para as suas vidas no geral, trabalhar, viver, criar família, ter carro, ter casa, passear, conhecer, etc, mas fundamentalmente ser feliz profissionalmente e pessoalmente.

É no Verão que voltam os que foram obrigados a procurar outra vida no estrangeiro e nós estamos cá para os receber sempre, e de certa forma também para os encorajar e transmitir-lhes esperança por um país melhor e capaz de os chamar e segurar no futuro.

Não esquecemos quem parte. “Quem parte leva saudades, quem fica saudades tem.”

Gustavo Brás

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.